Leia também

Uma poesia chamada “Como Uma Prece Orada Com Fervor”

Poesias Pitadas do Sal

Como uma prece orada com fervor
Rogo sua presença
Tento manter o equilíbrio adornando teu coração
Catando estrelas nos seus olhos
Faço do seu pedido minha crença

Aguardo sangrando promessas que não fizemos
Escrevo num salmo seu imaculado nome
Não vale minhas lágrimas sobre a tempestade
Ou o alimento de suas palavras
Se é pelo seu corpo que tenho fome

Guardo teu mistério bem trancado numa arca
Purifico no bálsamo de seus lábios o meu medo
Nenhum sacrifício executado, nenhuma pedra atirada
Não é heresia te aspirar cada sílaba sagrada
Ou sonhar suave a primavera de teus pêlos

Como uma prece que não fizemos aguardo sangrando teus mistérios
Transformo seu pedido em minha profecia
Mantendo o equilíbrio no vale de seus olhos
Rogo cada sílaba sobre a tempestade
Sonhando suave estrelas setecentas vezes ao dia…

por Ariston Sal Junior

Comentários

comentários


Sobre Sal (292 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, cantor em uma banda de rock, fã de música, quadrinhos e cinema