Leia também

“Evoé, jovens artistas” – Alunos de teatro da Scar apresentam peças de conclusão do curso

Teatro Scar Pitadas do Sal

A 8ª Mostra Anual dos alunos de teatro da Sociedade Cultura Artística (Scar) começa nesta segunda-feira, 23 e segue até 1º de dezembro. A mostra conta com nove peças montadas pelos 140 alunos das turmas formadas por crianças, adolescentes e adultos.

Formada em Artes Cênicas pela Furb, a professora Nicoli Pereira conta que ela e os atores Ana Paula Machado, Maykon Junkes e Mery Petty, formam o quadro de professores do Curso Livre de Teatro da Scar. Cada um deles aplica sua metodologia. “Depende da turma, mas geralmente o professor sugere o texto e vê com a turma se eles curtem e querem fazer”.

“Eu sempre trago uma proposta, uma ideia e discuto com os alunos se iremos adiante ou não”, explica Nicoli, que neste ano revela que as alunas de uma de suas quatro turmas queriam montar uma peça de terror. “Não estávamos encontrando um texto para adaptar e algumas meninas gostam do Livro Coraline [do autor britânico Neil Gaiman]. Lemos o livro durante quase um mês nas aulas e finalmente resolvemos adaptar a obra e montamos o espetáculo”.

O curso contempla turmas iniciantes, para alunos que nunca fizeram teatro e turmas veteranas, com alunos que já fazem aula de teatro na Scar. As aulas iniciaram em fevereiro passado e no meio do ano começou a articulação para as montagens de fim de ano. “O objetivo é justamente ter uma peça para apresentar. O teatro é isso, plateia, ator e história, então os alunos exercitam o teatro o ano inteiro e na mostra do fim do ano eles finalmente descobrem o que é fazer teatro”, explica Nicoli.

As alunas Julia Candiani dos Santos, 16 anos e Nicole Konell, 15, que integram o grupo Voz da alma, participarão da montagem Por Outros Olhos, adaptado do romance de Neil Gaiman, dirigido por Nicoli Pereira.

Juliane está em seu terceiro ano na Scar e diz que começou a querer fazer teatro após os 13 anos, quando na época pensava em ser modelo. Quanto a seguir carreira, ela conta que vive um dilema. “Eu faço curso técnico em química e não sei se eu sigo essa linha, com um emprego formal em uma empresa ou faço o que realmente gosto, que é o teatro.”, pondera.

Já Nicole está decidida quanto a seu futuro, “quero seguir na carreira de atriz, brilhar na telinha, nos palcos e cinema”, afirma a aluna que abraçou o teatro e levará o que já aprendeu até agora para a vida.

Uma mudança este ano ocorreu por conta dos alunos adultos, que fechou uma média de 80%, contra anos anteriores em que a maioria eram crianças e adolescentes. “Nós teremos quatro peças adultas este ano. Isso nunca aconteceu”, destaca Nicoli.

Interessados em fazer o curso devem procurar a secretaria da Scar, logo após a edição do Femusc 2016 para ver a disponibilidade de turmas e horários. As aulas iniciam em fevereiro.

A mostra é aberta ao público a preços populares e podem ser adquiridos na secretaria da Scar, no valor de R$6,00 e R$3,00. Informações sobre a programação em www.scar.art.br ou no telefone (47) 3275-2477.

Comentários

comentários


Sobre Sal (291 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, cantor em uma banda de rock, fã de música, quadrinhos e cinema