Leia também

Paul McCartney nos anos 70 – Man on The Run

“Na verdade tento levar uma vida bem normal. (…) A única anormalidade é ser Paul McCartney.”

Acabei de ler o livro Man on the run: Paul McCartney nos anos 1970, da editora Leya. Confesso que nas primeiras páginas já considerava a leitura uma grata surpresa. Explico: Tendo lido várias biografias dos Beatles, Lennon e váááááááárias do Macca, confesso, logo que comprei o livro me veio o pensamento – será que vai valer a pena? Será que terá algo que já não li/sei? – Tinha. =)

Por se concentrar no período relatado no título, contextualizando o leitor o fim dos anos 1960, quando ocorreu o rompimento dos Beatles, o autor Tom Doyle nos apresenta a intimidade da família McCartney, e como o espírito hippie permeava Paul em suas tomadas de decisões, além do estilo de vida ao lado de Linda e filhos. Os anos 1970 para Paul é um período conturbado e pouco explorado por biógrafos.

O texto de Doyle passa a sensação de depressão, de perda e falta de rumo que Sir McCartney teve que enfrentar logo após a extinção dos Beatles e, principalmente, com o rompimento da relação com seu melhor amigo, Mr. John Lennon. Também mostra sua inaptidão inicial para tratar dos negócios e mesmo as escolhas para repertório de seus discos. Não havia mais o seu parceiro para lhe aparar arestas e manter o senso de desafio em querer fazer sempre o melhor com suas composições. O que atormentava o músico era, aos 27 anos, saber como reconstituiria sua vida com o peso de ser um ex-Beatle.

Doyle teve acesso a entrevistas exclusivas com McCartney e obteve diversos outros registros históricos para retratar a década na vida. Contratação de músicos que fizeram parte do Wings, turnês em universidades, avião personalizado, prisões por porte de maconha e como se relacionou com Lennon durante o período são descritos de forma clara e objetiva, sem firulas. Terminar de ler o livro só confirmou o fato imutável de que Macca é um músico ímpar e merece todo o respeito, pois foi, é, e seguirá sendo um dos artistas mais fodas que tive o prazer de ver.

Clic nas imagens para ampliar a galeria

Comentários

comentários


Sobre Sal (292 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, cantor em uma banda de rock, fã de música, quadrinhos e cinema