Leia também

Raul Seixas – 70 anos do Maluco Beleza

Raul Seixas 70 anos

Raulzito completaria neste domingão, 28 de junho de 2015, 70 anos, se vivo estivesse. Porém, contudo, todavia, para todo bom artista que se preze, ele continua vivíssimo nos corações de uma legião de fãs. Por isso, vale lembrar um pouco da trajetória do soteropolitano mais amado do Brasil.

Considerado por muitos como pioneiro do Rock Brasil, Raul esteve durante 26 anos em atividade com sua carreira e lançou 17 discos, alguns, clássicos da música brasileira, como GitaKrig-ha, Bandolo! e Novo Aeon. Mesmo que seu disco de estreia tenha sido, Raulzito e os Panteras, Raul Seixas só passou a ter prestígio com a crítica especializada e do grande público, com canções lançadas a partir de 1973, como “Ouro de Tolo“, “Mosca na Sopa“, “Metamorfose Ambulante

img_13046_bau-muito-bem-trancado

Louco assumido, roqueiro nato, parceiro musical de Paulo Coelho, Raul teve uma carreira de altos e baixos, abusava do álcool, mas nunca perdeu sua lucidez, ao compor pérolas que se eternizaram no imaginário popular, permeadas de críticas sociais. Na manhã do dia 21 de agosto, aos 44 anos, período em que havia sido lançado seu último álbum, A Panela do Diabo, esse em parceria com o conterrâneo Marcelo Nova (Camisa de Vênus), Raul Seixas foi encontrado morto sobre a cama , por volta das oito horas da manhã em seu apartamento em São Paulo, vítima de uma parada cardíaca.

Muito já se falou/escreveu sobre Raul Seixas. Eu sigo acreditando que o melhor mesmo ainda é ouvi-lo:

Ouro de Tolo

Maluco Beleza (ao Vivo)

Metamorfose Ambulante (em espanhol)

Gita (em inglês)

Há 10 Mil Anos Atrás

Comentários

comentários


Sobre Sal (292 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, cantor em uma banda de rock, fã de música, quadrinhos e cinema