Leia também

Sangue Bom – Coluna Vertebral #05 com Kiko Oliveira

Saiba os motivos do mosquito picar mais algumas pessoas que outras

picada-de-mosquito-como-se-livrar-da-coceira2

Algumas pessoas que estão lendo esse texto, já viram, ouviram por aí, algumas pessoas se queixando que são mais vulneráveis a picadas de mosquitos que outras. “Poxa, estou todo picado, enquanto fulano ou cicrano não foi sequer ‘encostado’ por nenhum mosquito”.

Por que mosquitos picam algumas pessoas mais do que outras? Segundo um estudo (sim, algumas pessoas estudam sobre tal assunto), isso poderia estar ligado aos genes que controlam o odor corporal.

Cientistas da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos agruparam 19 gêmeos não-idênticos e 18 gêmeos idênticos para testar a atração a mosquitos.

Eles descobriram que gêmeos idênticos atraíam a mesma quantidade de picadas, sugerindo a influência de fatores genéticas nesse processo.

Em uma série de testes, cada gêmeo colocou uma mão no final de um túnel de vento em formato de “Y”. Então, bombeou-se ar para dentro do túnel, levando consigo odor. Depois, enxames de mosquitos foram liberados, movendo-se para longe ou perto de cada mão.

No caso dos gêmeos idênticos – que compartilham grande parte do material genético – houve uma distribuição uniforme dos mosquitos. Isso sugere que os insetos não tinham preferência pelo cheiro de uma mão ou outra.

Por outro lado, resultados com testes em gêmeos não-idênticos – que dividem menos genes – foram mais variados.

Pesquisadores acreditam que a atratividade a mosquitos pode estar relacionada a genes ligados ao odor corporal. O próximo passo é descobrir quais genes específicos estariam envolvidos.

Novas pesquisas já estão sendo realizadas.

“Se entendermos a base genética para a variação entre indivíduos, será possível desenvolver maneiras sob medida para controlar melhor os mosquitos, e desenvolver novas maneiras de repeli-los”, disse James Logan, da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, principal autor do estudo.

Outros estudos (eles continuam a estudar esse tema) revelaram que o suor é outra coisa que atraem tais criaturinhas.

Essa relação foi estudada na Universidade da Califórnia: cientistas pegaram um homem incapaz de suar e constataram que ele atraía bem menos insetos que o normal. Essa atração acontece porque 90% dos nervos das antenas dos mosquitos são dedicados à detecção de substâncias químicas, como o ácido láctico – não por coincidência, presente em nosso suor.

Para nossa falta de sorte outra coisa que alerta os radares desses funhenhentos insetos sanguinários é o dióxido de carbono (CO2), ou seja, simplesmente o gás que a gente joga no ambiente toda vez que respiramos.

Cuidado com noites quentes: como o calor deixa os mosquitos sedentos, elas costumam ser mais “picantes”. Quem buscar um refresco perto da janela poderá estar trocando 6 por meia dúzia, já que a brisa vai levar os sinais do seu ácido láctico e o seu CO2 pelo ar até o pernilongo. A maioria dos repelentes se vale justamente desse fato: modificam nosso odor, confundindo os sentidos dos insetos.

reacao-picada-pernilongo

O pernilongo chupa o sangue por meio do bico pontiagudo que se estende da sua boca, e que se assemelha a um canudinho. O bico entra quase despercebido pelos receptores nervosos da pele. Quando a pessoa sente, é tarde demais: o pernilongo já encheu a barriga de sangue. Contudo, ao passo que tira o sangue, o pernilongo também injeta uma enzima que é reconhecida como um corpo estranho pelas células de defesa. Na corrida das células pelos vasos capilares, alguns deles se rompem e liberam o seu líquido que se transforma num edema – aquela bolotinha no local da picada, que causa coceira.Para se livrar dessa coceira, vale a pena algumas compressas frias ou passar pomada antialérgica, desde que receitada pelo médico.

 

Fontes: Saúde, BBC, Super Interessante (Abril)

 

Comentários

comentários


Sobre Kiko Oliveira (17 Artigos)
Carioca, curioso, ator, diretor teatral, estudante de Tarô, estudioso da gastronomia, baterista e percussionista, além de praticante de Jiu Jitsu