Leia também

Ana Carolina volta a trabalhar com Liminha

Ana Carolina volta a trabalhar com LiminhaFaz tempo que parei de ouvir Ana Carolina. Enjoei. Depois do álbum duplo Dois Quartos, lançado em 2006, fui diminuindo a frequência e os discos posteriores lançados por ela já não me emocionavam como antigamente. Eis que surge uma ótima notícia e eu fico sabendo que Ana será novamente produzida pelo Liminha. Ele foi responsável por um dos melhores álbuns lançados por ela, Estampado (2003).

Lá se vão 15 anos desde a feliz parceria. A Mineira estava em plena forma quando Estampado chegou às lojas e a turnê deste disco, assim como o do anterior, Ana, Rita, Joana, Iracema e Carolina foi belíssima. Desta vez a mineira de Juiz de Fora finalizou uma canção com o produtor. A música, batizada Tudo e Mais, tem colaboração de Thiago Anthoni, tecladista e violonista da última turnê de Ana. Este single foi masterizado em estúdio e deve ser lançado nas plataformas digitais em breve.

Ana tem mantido uma rotina de composições e gravações em um estúdio montado em sua própria residência, no Rio de Janeiro. Mantém parceria com o compositor gaúcho Antonio Villeroy (autor do primeiro sucesso de Ana, a música Garganta) e Jonas Myrin, músico sueco radicado em L.A., Califórnia. A cantora e compositora mineira já está com um álbum novo praticamente pronto e, apesar de não anunciar oficialmente, deve ser lançado até o final do ano.

Estampado, o grande disco de Ana Carolina

Ana Carolina volta a trabalhar com Liminha

Ana Carolina lançou em agosto de 2003, o terceiro álbum, batizado de Estampado, produzido por Liminha. O disco traz 13 canções próprias, com uma pegada mais “rock”, onde Ana dá um gás especial ao seu violão, que conduz todas as canções. Estampado traz parcerias inéditas com Chico César e Seu Jorge e foi seguido de um DVD, em um formato mais para documentário, onde são apresentados momentos de bastidores da gravação do álbum e também a fase de composição, gravação e finalização do disco, além de trazer conversas animadas com João Bosco, Chico Buarque e Maria Bethânia. O álbum foi considerado o melhor da carreira de Ana, transformando a artista em um grande sucesso nacional. No ano seguinte, 2004, um segundo DVD, “Estampado – Um Instante Que não Para“, gravado no Claro Hall, com um público de 9 mil pessoas, foi lançado com muito sucesso.

 

 

Comentários

comentários


Sobre Sal (397 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*