Pitadas

Crianças reagindo: casamento homossexual

19 dez , 2018   Video

(ative a legenda em português, caso ela não apareça automaticamente)

Crianças reagindo: casamento homossexual – Para ilustrar de forma clara a pureza e autenticidade das crianças, este antigo vídeo, garimpado do Youtube, mostra a reação de crianças a pedidos de casamento homossexuais. O canal também mostra crianças reagindo sobre vários assuntos e temas na web-série Kids React (Crianças Reagem), vale dar uma conferida. O canal chama-se “The Fine Bros” .

A molecada entre 5 e 13 anos, com a pureza inerente aos dessa idade, reagem aos pedidos de casamento gay. Claro, há certo incômodo por parte de alguns, mas a maioria reage de forma positiva, e mais importante, reagem de forma autêntica. O que é o certo.

Por outro lado, e infelizmente, muitos adultos ao assistirem esse vídeo da reação das crianças a pedidos de casamento homossexuais se sentirão desconfortáveis e muitos ainda acharão “errado”. Em outras palavras, assim como ninguém se torna gay por opção, também não nascemos preconceituosos. Isso é construído ao longo da nossa formação católica cristã, machista, homofóbica, misógina.

Crianças e pedidos de casamento homossexual

Sempre bom lembrar que se quisermos podemos construir um mundo melhor para todos, basta ter vontade. Educar seus filhos com consciência é um caminho. Me alegro em saber que as coisas estão mudando. De forma lenta, é verdade, mas já avançamos em alguns aspectos. O casamento homossexual é uma prova disso.

Dá um alento ao coração, por exemplo, saber que a maioria das crianças no vídeo, “Crianças reagindo: casamento homossexual” fazem isso de forma positiva. Há respostas até mesmo surpreendentes pela maturidade com que são formuladas.

Como eu fico feliz, por outro lado, vivendo tempos de intolerância escrachada, essas crianças maravilhosas dando uma aula de empatia e respeito. Crianças são tudo de bom, mas infelizmente nós, adultos, na maioria das vezes fazemos um péssimo trabalho na criação. Mas nem tudo está perdido se nos esforçarmos um pouquinho mais!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Comentários

comentários

, , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conecte-se