Leia também

Gravação do show de Bethânia e Zeca em Sampa

Gravação do show de Bethânia e Zeca em Sampa

(Foto: Mauro Ferreira)

O badalado show, De Santo Amaro a Xerém, que leva ao palco Maria Bethânia e Zeca Pagodinho passa por São Paulo nesta sexta (18) e sábado (19) de maio. A novidade é que as apresentações serão gravadas sob a direção de Joana Mazzucchelli, da Polar Filmes.

Como os artistas tem suas carreiras geridas por gravadoras distintas, deve rolar uma parceria entre a Universal Music (de Zeca) e Biscoito Fino (de Bethânia), que tem sob suas “asas” o selo que a mana do Caetano dirige, o Quitanda.

O setlist do show conta com quatro canções inéditas: o samba de roda Amaro Xerém, feita por Caetano Veloso a pedido da irmã é interpretada por Zeca e Bethânia na abertura e encerramento do espetáculo. As outras três, o samba A surdo 1, cantado somente por Bethânia, composto por Adriana Calcanhotto em 2016; e os sambas Pertinho de Salvador e De Santo Amaro a Xerém, também só com Bethânia, do compositor carioca Leandro Fregonesi.

A gravação ao vivo dos shows em Sampa também será a oportunidade de ser registrado pela primeira vez na voz de Bethânia o clássico samba de Geraldo Pereira, Falsa Baiana. O roteiro do show deve ser o mesmo que rola desde o início da turnê que começou em Olinda (PE) no dia 7 de abril. Mas, em se tratando de Maria Bethânia, a pateia pode esperar alguma novidade para as duas apresentações.

A última apresentação desta turnê acontece dia 30 de maio, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

Comentários

comentários


Sobre Sal (397 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*