Obras de Chico César nas plataformas digitais

O cantor e compositor paraibano Chico César está com seus trabalhos, que antes só haviam sido lançados em mídia física (CD e DVD), disponível nas plataformas digitais.

Os shows Cantos e Encontros de Uns Tempos Pra Cá, gravado no Auditório Ibirapuera (SP) em 2006, com as participações de Elba Ramalho e Vange Milliet e Aos Vivos Agora, que refaz o repertório do álbum de estreia do artista de Catolé do Rocha em registros de voz e violão, gravados nas apresentações que aconteceram no Teatro FECAP (SP), em 2011, estão disponíveis no YouTube, hospedados no canal da gravadora Biscoito Fino, na íntegra.

Já as plataformas de música por streaming receberam o áudio do show Cantos e Encontros…, também lançado em CD na época. O registro ao vivo, com direção musical do próprio Chico César, foi um desdobramento do disco de estúdio “De uns tempos pra cá”, de 2005, e os extras do DVD revelam encontros com Ana Carolina e Maria Bethânia. O lançamento digital de agora inclui faixas que ainda não estavam disponíveis para streaming: “Desejo e necessidades”, “Outono Aqui (Autumn Leaves/Les Feuilles Mortes)”, “Utopia”, “Dúvida Cruel”, “Onde estará o meu amor” e “Teshoku”.

As novidades também chegam às plataformas de música na sexta-feira, dia 11. Primeiro DVD da carreira de Chico César, lançado também em CD, Cantos e Encontros de Uns Tempos Pra Cá registra a sua apresentação com o Quinteto da Paraíba, em São Paulo. O registro ao vivo, com direção musical do próprio Chico César, foi um desdobramento do disco de estúdio “De uns tempos pra cá”, de 2005 (que também estreia dia 11 nas plataformas digitais), e os extras do DVD revelam encontros com Ana Carolina e Maria Bethânia. O lançamento digital de agora inclui faixas que ainda não estavam disponíveis para streaming: “Desejo e necessidades”, “Outono Aqui (Autumn Leaves/Les Feuilles Mortes)”, “Utopia”, “Dúvida Cruel”, “Onde estará o meu amor”, “Teshoku”.

Lançado nos formatos CD e DVD, “Aos Vivos Agora” chega às plataformas no formato de singles: “A Força que nunca seca” e o medley “Fé Cega, faca amolada/Paula e Bebeto”. 

Fotos: Marcos Hermes

sal

Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: