Leia também

Sério, Suzane Richthofen ganha “saidinha” de Dia das Mães

Sério, Suzane Richthofen ganha "saidinha" de Dia das Mães

Por mais que isso não faça o menor sentido e não seja justo, a detenta Suzane von Richthofen foi beneficiada pela terceira vez consecutiva pela “saidinha” do Dia das Mães.Ela foi condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, em 2002. Tem alguma coisa errada nisso tudo!

Eu não sou radical, não sou adepto do “bandido bom é bandido morto“. Também sou totalmente contra  a pena de morte, mas conceder um benefício de “soltura provisória” que visa um condenado ter a oportunidade de visitar os pais, soa totalmente irregular e faz a gente desacreditar das leis de nosso país. O benefício deve ser analisado caso a caso. Este não é um que uma pessoa de bom senso aprovaria.

A “saída” é concedida aos presos do regime semiaberto, que tem bom comportamento

Suzane deverá retornar ao local na próxima terça-feira (15) até 17h. Sim, deverá, pois ninguém pode garantir que ela volte. Na saída de hoje Suzaninha, que é um exemplo de filha, foi recebida pelo noivo, um empresário de Angatuba (SP). Os dois deixaram o local de carro e a detenta não quis dar entrevista.

Além de Suzane, outro exemplo maravilhoso de ser humano que recebeu o mesmo benefício foi Anna Carolina Jatobá. Esta foi condenada pela morte da enteada Isabela Nardoni. Anna também saiu da Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier nesta quinta.

Ah, mas tem mais, mesmo condenada a 39 anos pela participação no brutal assassinato dos próprios pais, Suzaninha pode receber esse benefício de saída temporária pelo Dia das Mães pela última vez.  Isso porque a jovem solicitou em junho do ano passado cumprir o restante da prisão em regime aberto, para cumprir a pena, vejam só, em liberdade. O pedido será analisado pela Justiça , e mesmo sem prazo para uma definição, expectativa é que isso ocorra em breve.

Comentários

comentários


Sobre Sal (347 Artigos)
Jornalista, blogueiro, letrista, já fui cantor em uma banda de rock, fotógrafo, fã de música, quadrinhos e cinema...

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*