Pitadas

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

20 abr , 2018  

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente – A arte desde sempre não serve apenas para “iluminar” nossos olhos e sentidos, não serve só para beleza, mas também para provocar, protestar, refletir. Foi com essa ideia em mente que o artista Gerhard Haderer, da Áustria, criou essa série de ilustrações para satirizar como a nossa sociedade se comporta.

Haderer chegou a ser condenado na Grécia, por insultar a comunidade religiosa do país quando no passado publicou o livro “A Vida de Jesus“, com o qual ele desencadeou uma onda de violência na Europa, e o escândalo foi notado especialmente na Igreja Católica. Ele recebeu uma sentença de prisão de seis meses. No entanto, alguns meses depois, este veredicto foi corrigido no processo de recurso e Gerhard Haderer foi absolvido da culpa.Confira um pouco do trabalho do austríaco nessa série de Ilustrações que mostram como nossa sociedade está doente…

O ser-humano diferentão

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Você fez ou faz isso?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Você sabia que hoje morre-se mais por selfies do que por ataques de tubarão?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Nem em sonhos escapamos da realidade

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Mais poder através da educação, entendeu Jair?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

A sociedade doente

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Ninguém desfruta do que vê

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

A ironia da vida

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Um mundo cheio de sorrisos verdadeiros?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Se empaturrando de dinheiro

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

O que aconteceu com o verdadeiro valor que devemos dar ao temos?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Família reunida

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Crianças sem infância

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

As relações pessoais

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Os governantes governando?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

O governo agindo!

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Natal!

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Privacidade?

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

Se fosse com professores ficaria mais clara a ilustração

Ilustrações que mostram nossa sociedade doente

 

, , ,

Sem categoria

Princesas Disney em versões alternativas moderninhas

16 mar , 2018   Gallery

Princesas Disney em versões alternativas moderninhas

Que as princesas Disney são um marco em nossa cultura desde meados do século passado, ninguém duvida. Agora, imaginar as versões clássicas com vestidos de princesas bufantes e com muito brilho, acredito eu que não é muito comum. Porém, o ilustrador italiano Emmanuel Viola pensou nisso e criou versões totalmente estilosas e modernas para as já tradicionais personagens. Afinal de contas, sapatinho de cristal não deve ser uma coisa muito confortável de se usar, não é mesmo?

As versões de Viola possuem tatoos, piercings e bandanas, com cortes de cabelo descolado e muito glamour! Confira na galeria! Clique para ampliar!

Ah, e de bônus o ilustrador também criou versões no mesmo estilo de outras personagens da ficção, como a minha preferida, Leia Organa…

 

, , , , , ,

Sem categoria

Super GIFs animados – por Romain Laurent

22 mar , 2017   Gallery

Acho no mínimo GIFs animados curiosos. Essa série feita pelo fotógrafo francês, radicado em Nova York, Romain Laurent reproduzem coisas simples, abstratas, bizarras, bobas, mas não menos curiosas… Confira mais do trabalho de Laurent em seu Tumblr ou veja seu portfólio aqui.

, , , , ,

Sem categoria

Relato de uma bailarina – Dia Internacional da Dança

29 abr , 2016  

Dia Internacional da Dança - Carol

O dia 29 de Abril é o Dia Internacional da Dança. Uma data especial para bailarinas apaixonadas pelo que fazem.

Há 8 anos era a primeira vez que esta data passava a fazer parte do meu calendário de datas importantes. Foi há oito anos que tive os primeiros contatos com um dos sentimentos mais puros e verdadeiros que carrego comigo. Sempre tive uma paixão por arte. Sempre quis dançar quando pequena, porém não tinha condições financeiras. Foi em 2009 que surgiu uma oportunidade, chance esta que deu um novo rumo para a minha vida. Foi amor à primeira aula. A cada dia que passava, eu tinha a certeza que nunca mais queria parar de fazer aquilo que fazia eu me sentir tão bem.

Assim como tudo na vida, existem os momentos bons e os ruins. Passei por momentos que pensei em desistir. Já cheguei a desistir (por duas semanas haha). Com o tempo vieram as dores, os problemas, os desafios, mas nada era maior do que a minha paixão por essa arte tão linda. Chegou então àquela fase da vida que precisamos escolher o que faremos no futuro, chegou o momento de provas, vestibulares, cobranças, momento de decisões. Não sabia o que fazer, consegui bolsa para a faculdade, escolhi fazer Publicidade e Propaganda. Mas eu sabia que não conseguiria ficar sem dançar. Então fiz a minha decisão. Iria fazer faculdade, mas também iria continuar dançando.

Foi muito difícil no começo e ainda é. A rotina mudou, já não tinha mais tanto tempo para a Dança, perdia muitas horas de aula por dia. Fiquei muito triste por um tempo. Minha rotina diária aumentou, comecei a fazer estágio. Tive que sair das aulas de Ballet Clássico devido aos horários que não fechavam. Não estava contente, meus dias não eram mais os mesmos.

Comecei a fazer Jazz. No começo, sentia dificuldade pela mudança. Era meu corpo tentando se adaptar a uma nova modalidade. Mas, senti a minha alegria voltando, me senti acolhida de novo. Hoje em dia, consigo trabalhar, dançar e estudar. Tenho a certeza que fiz a escolha certa. Escolhi não deixar para trás um sonho. Escolhi não abandonar minha grande paixão. E acima de tudo, escolhi a Dança para ser o meu porto seguro. “Não danço para ser a melhor bailarina, eu danço para ser melhor que eu mesma.”

 

Carol Dal Santo
bailarina

, , , , , ,

Sem categoria

A beleza dos movimentos da Yoga (+18)

12 jan , 2016   Gallery

A beleza dos movimentos da Yoga (+18)

Confesso, práticas meditativas são, para mim, algo difícil de realizar. Mas, nem por isso deixo de admirar quem as exerce. A Yoga, em particular, já fiz duas aulas na vida e achei ótimo, mas…  práticas meditativas não são o meu forte. Fotografia é algo que sempre admirei e até me arrisco em uns cliques de vez em quando. O fotógrafo holandês Petter Hegre uniu essas duas “artes” em um ensaio fotográfico no qual registrou sua mulher, Luba Shumeyko, que é instrutora de Yoga, em diversas posições da prática. O nú artístico, especialidade do fotógrafo, ressalta, além da beleza feminina, o trabalho dos músculos do corpo. Confira a galeria

, , , , , , , , ,

Sem categoria

Dois mestres das imagens fazem exposição juntos pela primeira vez

24 set , 2015   Gallery

 

SANTA ARTE EM SANTA - JORNAL - RELEASE

O artista plástico Paulico David da Silva e o fotógrafo multimídia Marcelo Luís estão juntos pela primeira vez em exposição que retrata igrejas, católicas e evangélicas da região do Vale do Itapocu.

Após registro fotográfico realizado por Marcelo, Paulico reproduziu em mosaico as imagens clicadas pelo fotógrafo. Foram seis meses de produção e pesquisa realizada pela dupla, que culmina na exposição Santa Arte em Santa.

Uma série de 10 quadros em mosaico, que ressaltam a beleza e os traços na arquitetura dos locais sagrados e de fé, está em exposição a partir desta sexta-feira, 25 de setembro até 4 de outubro, no Jaraguá Park Shopping. A entrada é franca e todos estão convidados pelos artistas a conferir a série de imagens reunidas.

Exposição de Mosaicos  “Santa Arte em Santa”
Local: Jaraguá Park Shopping – Espaço destinado as exposições e apresentações próximo a nova praça de alimentação.
Horário: 10:00 as 22:00
Período: 25/09 a 04/10
Fotos por Marcelo Luís

, , , ,

Pitadas

A Justiça do ponto de vista dos líderes mundiais

11 set , 2015   Gallery

Pitadas do Sal Ilustra

Uma série de ilustrações ácidas, sobre o tema direitos humanos e justiça, do cartunista Gunduz Agayev, natural do Azerbaijão, mostra a deusa grega da justiça, Têmis, em diferentes países, sendo tratada de maneira hostil. “Eu passei 15-16 dias para realizar este volume. Eu desenhei pensando e lendo sobre as situações nesses países. Estas ilustrações mostram as reais condições dos países”, explica Gunduz Agayev.

, , , , , ,

Sem categoria

O Século XX retratado em fotos colorizadas

27 ago , 2015   Gallery

Marcado por diversas mudanças e conquistas, a maior delas a chegada até a Lua, o Século XX foi o palco de vários protagonistas, anônimos e célebres. Também foi marcado por duas guerras mundiais, o nascimento e morte de diversas ideologias políticas, inovações tecnológicas e a consolidação do cinema e da TV. A galeria de imagem abaixo mostra alguns desses registros com as fotos coloridas digitalmente. Clique na imagem para ampliá-la.

 

 

 

, , , , , ,

Sem categoria

João Chiodini comemora lançamento de Os Abraços Perdidos

13 jul , 2015   Gallery

Lançamento Livro João Chiodini-2372

Pelo menos 150 pessoas passaram pela Grafipel, no sábado (11), para prestigiar o lançamento do livro do escritor jaraguaense João Chiodini, Os Abraços Perdidos. O autor recebeu amigos e leitores das 10 às 17h, e a satisfação era evidente em seu semblante.

“Muito bacana ver as pessoas chegando aqui, falando do livro, comentando sobre a capa que é a primeira impressão que se tem do romance. Elas acharam a capa muito interessante”, comentou Chiodini. O escritor aproveitou para elogiar a cobertura que a mídia local deu para o lançamento e avaliou esse fato como importante para engajamento das pessoas em irem prestigiar no sábado.

Além dos amigos do escritor que passaram pela Grafipel, a esposa Sandra esteve ao lado do marido o tempo todo, assim como o amigo-sócio, o escritor Carlos Henrique Schroeder, que também fez questão de prestigiar Chiodini. “O livro do João é uma certificação de um amadurecimento. Eu pude acompanhar o João trabalhar nesses quatro anos, foram diversas versões que li, pois trabalhei na edição desse romance e vi o quanto o João amadureceu como escritor. Eu arrisco dizer que é um dos grandes livros lançados nos últimos 50 anos. O João soube contemporizar dilemas humanos, como o afeto paterno, o desligamento desse afeto… É um tema recorrente na literatura e o João soube, em um processo de catarse, soube aproveitar isso e fazer uma grande obra e eu tenho certeza que quem lê não esquecerá”, atesta Schroeder.

Então, galerinha antenada, que curte uma boa literatura, taí a oportunidade! Os Abraços Perdidos, de João Chiodini… Eu já tenho o meu!

Leia mais sobre João Chiodini no Pitadas do Sal, clicando aqui.

, , , , ,

Sem categoria

Bate-Papo #01 – com Léo Begin e Rapha Fagiolo

24 abr , 2015  

PitadasPrimeiro vídeo do canal Pitadas do Sal. Eu bati um papo bem bacana com Léo Begin e Raphael Fagiolo. Eles realizam um trabalho muito maneiro com materiais descartados, transformando-os em peças únicas e acessórios incriveis. Clique e confira!

Gostou? Se inscreve no canal e dá um like… Eu agradeço muito! 😉

LINKS
Facebook Rust Miner
Instagram Rust Miner
Site Rust Miner
Pinterest Rust Miner
Twitter Rust Miner

, , , , , , ,